Receba atualizações por Email

sábado, 8 de outubro de 2011

Prefeitura inicia a obra de canalização do córrego Romualdinho

Por Ass. Com. PMC


Começaram nesta semana, os trabalhos de canalização do córrego  Romualdinho, no trecho compreendido entre as ruas Cleto da Rocha e Tenente Luiz Ribeiro. Uma escavadeira está preparando o leito do córrego para o assentamento dos tubulões em concreto armado que, desde segunda-feira, dia 3, já se encontram no local. As peças, medindo 4 metros quadrados de espessura, por serem pré-moldadas oferecem mais agilidade à abra, que deve ficar pronta ainda antes do perído chuvoso. 
Enquanto isso, também seguem avançadas as obras de canalização do córrego do bairro Paraíso, nas proximidades da Viação Bonança. O trânsito no local ainda não está totalmente liberado, mas vem fluindo sem maiores retensões, conforme informou o coordenador da Catrans, Arquimedes Goulart. Durante todo o dia, até às 19 horas, dois funcionários da obra fazem os trabalhos de sinalização e, daquele horário até às 22 horas, o mesmo trabalho é mantido por dois funcionários da Defesa Civil. Além disso, aquele trecho da Avenida Veríssimo Mendonça permanece sinalizado com placas indicativas de obras no local. Os dois projetos foram elaborados pelo setor de Engenharia da Prefeitura e estão sendo executados por funcionários da Construtora Norte Sul – empresa licitada para a realização dessas obras, cujo prazo para conclusão é de quatro meses. A reativação de um convênio entre a Prefeitura de Cataguases e a Caixa Econômica Federal, através do Programa Pró-Saneamento, do Ministério das Cidades – que estava parado desde o ano 2000 - viabilizou os recursos necessários para a realização dessas obras de infraestrutura. As duas obras devem eliminar os constantes alagamentos que ocorrem naqueles locais devido às chuvas torrenciais.

3 comentários:

Jairo disse...

Quando iniciou a obra, estive no Mercado Produtor. Várias pessoas estavam paradas olhando os primeiros trabalhos e muitos comentários foram feitos. Uns estavam a favor e muitos outros estavam contra.
Alegavam que enquanto o córrego não está canalizado as águas das chuvas tem onde espalhar e mesmo assim sempre o córrego inunda a Guido Marliéri e outros locais.
Com a canalização as águas só tem uma saída: a boca da manilha. Como o volume de águas é muito grande vai inundar tudo e vai causar danos terríveis. Escutei e fiquei quieto, pq. também tenho esta opinião.

Augusto Dias - Vila Tereza disse...

Parabéns ao trabalho da administração. Isso é que o nosso povo precisa, trabalho, muito trabalho.

Célio disse...

Jairo, também sou da sua opinião, mas espero que estejamos errados. Sou muito prejudicado nestas inundações da Guido e venho pedindo constantemente uma limpeza no Romualdinho, pelo menos até a Igreja da Assembleia de Deus.É só observar o córrego nos fundos do ponto Córdis...