Receba atualizações por Email

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Renzo Braz viabiliza 3,427 milhões para IFET Muriaé


O Deputado Federal Renzo Braz viabilizou R$ 3,427 milhões para o IF Sudeste Muriaé.
Atendendo ao pedido da Professora Elisete Reis de Oliveira, Diretora Geral do Campus Muriaé (IF Sudeste), o Deputado Renzo Braz interveio junto ao Ministério da Educação, para o pagamento de projetos enviados pelo IF Sudeste, conhecido como IFET.
Após reuniões com o Coordenador Geral da SETEC (Secretaria de Educação Profissional, tecnologia, Planejamento e Gestão), Orlando Magalhães da Cunha, foram liberados os seguintes recursos:
·         Reforma dos alojamentos e laboratórios, no valor de R$ 901.314,17
·         Execução da reforma do refeitório, no valor de R$ 559.895,01
·         Execução da obra do Centro de Convivência, no valor de R$ 503.762,90
·         Obra laboratórios de Mecânica e Elétrica, no valor de R$ 1.462.594,53
Os contratos somam o valor de R$ 3.427.566,61 (três milhões, quatrocentos e vinte e sete mil, quinhentos e sessenta e seis reais e sessenta e um centavos).
Em ofício, a Diretora Elisete agradeceu ao Deputado. "Obrigada pelo apoio e parabéns por estar engajado na luta pela melhoria da educação e pela promoção do desenvolvimento local e regional. Reafirmamos estarmos à disposição e continuar nossos trabalhos em prol de um país melhor todos", afirmou Elisete.
O Coordenador da SETEC se dispôs a atender aos pedidos prontamente. "Demos preferência aos projetos com foco nos alunos", disse Orlando Magalhães.
O Deputado Renzo Braz ficou muito satisfeito com a conquista. "Durante a campanha política de 2010, assumi compromisso de lutar pela educação. Para Muriaé, estou buscando a instalação de um braço da UFJF e melhorias para o IF Sudeste, pois o ensino técnico é um diferencial competitivo no mercado de trabalho e Muriaé hoje é pólo de desenvolvimento na Zona da Mata e necessita de maiores investimentos em educação", disse Renzo Braz. 

Para maiores informações, ouça entrevista completa da Professora Elisete Reis. Clique aqui.

7 comentários:

José Cláudio disse...

Esse e o deputado do PP de Cataguases junto com Braulio Braz, e vai fazer o novo prefeito de nossa cidade. Quem será ele?
Zé Neto, Newton Dutra, Edson Campos ou Marco vt?

Jornal Galeria disse...

O QUE FAZER COM R$ 6 MILHÕES???????????

A Copasa ganhou o direito de fazer o tratamento do esgoto de Cataguases. Tenho consciência da importância deste serviço, não só pelo fator de preservação dos nossos rios, como também na prevenção de muitas doenças. Sabemos pela importância e pelos valores cobrados da população, o dito contrato, não foi divulgado e discutido como deveria. O poder executivo fez algumas audiências públicas somente pra JUSTIFICAR a legalidade da ação. Sabemos que o contrato da o direito da Copasa cobrar ANTECIPADO 45% a mais nas contas de água e 50% a partir de 2012, e que o serviço só começará a dar seus primeiros frutos daqui a 2 ou 3 anos (isto se não ocorrer atrasos e justificativas infundadas, fato costumeiro que acontece onde a empresa faz o mesmo tipo de serviço, como tem sido frequentemente divulgado pela mídia e também aqui no blog do Edson Campos). Sabemos também que a estrutura de esgoto que existe em Cataguases foi adquirido pela Copasa pelo valor de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) a serem pagos em 6 parcelas de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) cada uma, não quero questionar aqui os valores pagos pela Concessionária, embora acredito que isto geraria muita discução. A minha maior dúvida agora é: COMO ESTE DINHEIRO QUE SERÁ PAGO PELA COPASA, ENTRARÁ NOS COFRES PÚBLICOS? ONDE ELE SERÁ APLICADO? COMO A POPULAÇÃO PODE ACOMPANHAR E FISCALIZAR O SEU DESTINO? Vai aqui a sugestão aos poderes Executivo e Legislativo de Cataguases de promover discuções com as Associações de Moradores, Sindicatos, Comércio, Entidades Sociais, Igrejas, Estudantes e etc., para decidir de maneira DEMOCRÁTICA o destino destes recursos, que convenhamos, não é uma mixaria e que se não for devidamente fiscalizado vai acabar indo junto com os resíduos que a Copasa “um dia” vai tirar de nosso esgoto.

Luis Kardoso
Jornal Galeria

Gustavo(Funcionario da prefeitura) disse...

Vai a resposta do nobre amigo para ele não ficar preocupado; O dinheiro da copasa sera revertido em obras.Todas as ruas de pé de moleque sera asfaltada,todas as ruas que faltam serão calçadas.Fara obras que falta nos distritos. O dinheiro sera parcelado da copasa de 3 vezes;Quer saber mais o que? Se o dinheiro vem em nota de 10.20.50.100.Pelo amor de Deus ande na ruamvoce vai cair ou tropeçar em uma obra,é tanta obra que se por ventura outro candidato ganhar não vai ter o que fazer com o dinheiro da prefeitura.Hoje dia de nossa senhora aparecida,vamos rezar para ficar do jeito que esta porque se mudar,estamos lascados.Entendeu......

Esse sim e o candidato do Renzo e Braulio Braz em Cataguases, mâs também candidato dos empresários Marco Antonio Souza e Guilheme Lemos. disse...

Pré-candidato a prefeito pelo GAC revela algumas propostas para Cataguases
O professor de Educação Física e atual diretor da Escola Estadual Marieta Soares Teixeira, Sérgio Santos de Almeida, nascido na cidade de Recreio, filiado ao PSB, é o mais novo pré-candidato a prefeito de Cataguases. O lançamento de seu nome para a sucessão municipal provocou o rompimento entre o Partido dos Trabalhadores e o Grupo Aliança Cataguases – GAC – que surgiu com o objetivo de unificar as oposições em torno de um projeto de governo único para o município. Até então PT e GAC marchavam juntos com a candidatura do atual vereador Vanderlei Pequeno à Prefeitura.
Na manhã da última segunda-feira, 19, o professor Sérgio Almeida concedeu uma entrevista exclusiva ao Blog do Marcelo Lopes, em que explicou o surgimento de seu nome na sucessão municipal. Ele revelou que o convite para ser pré-candidato foi feito pelo Marco Antônio de Souza, presidente do GAC “após uma das minhas participações no programa “Conversa Franca” na Rádio Brilho”, lembrou. Em resposta Sérgio lhe teria dito que apesar de “não ter ambição de ser prefeito tenho vontade de ajudar Cataguases”. Em seguida seu nome foi apresentado dentro do próprio GAC e, posteriormente, durante uma reunião com o PT, como alternativa ao de Vanderlei Pequeno, provocando assim o rompimento da união com aquele Partido.
Sérgio lembra sua atuação em prol do desenvolvimento de Cataguases ao longo de sua carreira como professor e diretor de Escola. Segundo revela, teve participação ativa em diversas lutas por Cataguases. Ele enumera: “Defendi na audiência pública estadual, e conseguimos aprovar, a construção da terceira ponte sobre o Rio Pomba, na Taquara Preta, e também a abertura da estrada que liga aquele bairro à BR-267”. Na área educacional lembra que foi ao Deputado Estadual Dalmo Ribeiro, pedir para que ele “aprovasse junto ao Conselho Estadual de Educação o curso de Administração com ênfase em Turismo, para a então FIC” e, ainda, “lutei para que o Colégio Cataguases fosse a sede da UEMG onde a gente teria o curso de Educação Física”, completa.
Como pré-candidato ele elenca suas prioridades para a campanha eleitoral. “Cataguases precisa desenvolver o comércio porque é o setor que mais gera emprego”, garante. “Podemos transformá-lo em polo de comércio exterior na área de tecido”, projeta. Em outra frente ele pensa em uma maneira de ampliar o transporte de carga rodoviário, inclusive, incentivando o de minério, como o alumínio. Na limpeza urbana Sérgio pretende, se eleito for, implantar varrição de ruas durante a noite. “Não tem carro na rua para atrapalhar e o próprio varredor exerce o papel de “segurança” daquele logradouro, dificultando a invasão de casas e a ocorrência de pequenos furtos”, raciocina. Para a Educação, sua proposta é a implantação do piso salarial de R$1.182,00 para todos os professores da rede municipal de ensino. “Com esta medida, melhoramos a vida de nossos educadores e, em contrapartida, aumentamos a arrecadação de impostos do município, gerando mais riqueza”, acrescenta. Na Saúde vai priorizar os PSF’s “que terão seus profissionais valorizados para que possam oferecer um serviço de qualidade”. Além disso, vai dar suporte ao Hospital de Cataguases “que hoje é uma instituição que atende em caráter regional, mas com infraestrutura municipal, para que possa melhorar e ampliar seus serviços”, finaliza o pré-candidato

PSB e PP juntos / JORGE disse...

PSB tem tres pré-candidatos a PREFEITO em Cataguases, são eles Sérgio Santos de Almeida Diretor do polivalente, Pedro da Caixa e Iliseu de Paula Rocha um grande político.

Com o apoio dos Dep.Renzo e Braulio Braz dos empresários Marco Antônio vt, Guilherme Lemos da GM2 e Enio Murilo da Indústrial.

Mâs o melhor e o apoio do GRANDE Jornal do PATACHOCA.

Blog do Marcelo Lopes disse...

PP renasce das cinzas em Cataguases
Prestes a morrer por "falência múltipla de órgãos", o Partido Progressista em Cataguases - como uma fênix - renasceu nesta quinta-feira, 6 de outubro. A sigla que foi comandada pelo advogado e ex-vereador Galba Rodrigues Ferraz até adoecer e falecer recentemente, ficou acéfala e seus filiados foram abandonando o barco um a um, sem fazer barulho. Os últimos a deixarem a legenda foi o atual presidente da Câmara Municipal de Cataguases, Vereador Antônio Beleza e o ex-vereador, José Sérgio Baião. O primeiro filiou-se ao recém criado PSD e o segundo assinou ontem, quinta-feira, sua filiação ao PCdoB.
Edson Campos - Presidente
da Comissão Provisória
do Partido Progressista
Era unanimidade na imprensa local o fim do PP em Cataguases por conta da morte de Galba, a fuga de seus principais nomes e, também, devido ao fato de ninguém ter - publicamente - se interessado em assumir a sigla. Mas, como todos sabem, política se faz em silêncio e na base da conversa ao pé do ouvido, sussurrando. E foi agindo assim que o Grupo Aliança Cataguases - GAC, que atualmente comanda o PSB tirou da UTI o PP em Cataguases. Numa manobra tranquila, sem que ninguém percebesse e com uma mãozinha de deputados amigos, conseguiu formar uma Comissão Provisória que ficou assim constituída: Edson Antônio de Campos Hessel (Presidente); Gilberto Batista Neves (Vice-Presidente), Joel Antônio da Silva (Secretário) e Márcio Luiz Fernandes Brito (Tesoureiro).
De volta ao jogo político o PP deverá fazer dobradinha com o PSB e apoiar os candidatos a prefeito pré-lançados no PSB, o atual diretor do Polivalente, Sérgio Almeida e o bancário Pedro da Caixa. Cada coligação poderá lançar trinta candidatos a vereador.

Nei disse...

Sai quatro e entra quatro no GAC!Sai Mendonça, Robson Campos, Alfredo Loureiro e Gomes.
Entra Sérgio Almeida do Polivalente, Pedrinho da Caixa, Iliseu de Paula Rocha ex; vereador e Jorge Bolinha também xe; vereador.