Receba atualizações por Email

sábado, 19 de novembro de 2011

O planeta de Mauro e Fernando


José Francisco Avilla Puccinelli Júnior*
Mauro e Fernando eram dois habitantes do planeta Leia, lugar dotado de algumas regras que dividiam sua população em classes. Todos os cidadãos de Leia eram livres para serem o que quisessem, apenas deveriam seguir uma única regra se desejassem mudar de classe: - “Ler!”, isso mesmo, o lugar era cheio de livros por todas as partes, dos mais diversos estilos, todos tinham acesso livre à vasta literatura, e, segundo a lenda, eram oriundos de outro planeta chamado Erudição.
Todos nasciam na classe dos “Funcionais”, independente da classe de seus progenitores, porém, se seguissem a regra, poderiam evoluir para as classes superiores: a classe “Mediana” e, por último, a classe “Suprema”. A medição para a mudança era feita no “handicap” de cada habitante, que aumentava toda vez que liam as páginas de um livro.
Mauro e Fernando eram amigos que moravam em um mesmo vilarejo, tinham a mesma idade e as mesmas estantes aos seus alcances, mas apenas o primeiro era interessado em ler. Fernando, no entanto, reclamava da vida que levava como “Funcional”, não tinha perspectiva de evoluir, apenas sonhava com a mudança de classe, mas não agia para tal, tanto que, apenas para burlar os fiscais do sistema, andava sempre com um mesmo livro embaixo do braço, nunca sequer o abriu, nem mesmo sabia de que se tratava.
E os amigos seguiam seus destinos, cada vez mais se distanciando um do outro, não por falta de intervenções de Mauro, que sempre que tinha a oportunidade, contava as histórias que lia e o que aprendia com as dezenas de livros que já havia lido, mas nada disso despertava o interesse do amigo, Fernando queria evoluir de forma rápida, como um simples resumo, sem se preocupar com o contexto das coisas, sem querer seguir a regra, utilizando sua “esperteza” para ter momentos mais prazerosos.
Chegado o grande dia na vida dos cidadãos de Leia, o dia da mudança de classe, os auditores do sistema contabilizavam os “handicaps” de todos os jovens, enquanto os pais esperavam apreensivos. Mauro e Fernando caminhavam juntos na imensa fila, quando Mauro, sabendo do destino de seu amigo, perguntou-lhe: - “Nando, meu amigo, sempre notei que você carregava esse livro por onde andássemos e tinha curiosidade de lhe perguntar, de quê se trata a história? Creio ser muito bom, pois até ciúmes eu já senti de ver que era mais companheiro dele do que meu.” Fernando respondeu: - “Mauro, nunca se quer abri esse livro, para falar a verdade, nem sei do que se trata.” – e num ato de extremo arrependimento Fernando abre o objeto que carregou por anos inteiros e, com os olhos cheios de lágrimas, mostra ao amigo, o livro era dotado de uma única frase, e muitas outras páginas em branco. A frase era a seguinte: “Escreva sua própria história”.
*Qualquer semelhança entre o planeta Leia e o planeta em que vivemos não é mera coincidência.
  
*Acadêmico do curso de Letras Português/Inglês da Furg

11 comentários:

“Escreva sua própria história”.vou escreve com Vanderlei Pequeno "PREFEITO" disse...

Oposição em CATAGUASES está em estado terminal, Cesinha e Dr Tarcísio já era (PERDEU), e o Parefeito William Lobo tambén está mau nafita!

Agora e o novo Vanderlei Pequeno para PREFEITO de CATAGUASES!!!

PT!

Lourenço disse...

Realmente Pequeno o novo com velhos pensamentos.Ontem na radio com o Gomes cansou de falar besteira,pode se candidatar a prefeito,não tem cinco mil votos.É igual a biscoito de polvilho,só faz barulho.

José Antonio disse...

O bom e Vanderlei Pequeno de Prefeito com Tarcísio de vice, PT e PMDB, falo meu povo!

Caroline disse...

Não concordo com Lourenço. Ele não faz só barulho, ele realiza... Talvez você não esteja sabendo das leis maravilhosas de autoria dele.. Se atualiza ae meu amigo!

Anônimo disse...

Caroline,

Que leis maravilhosas? Você só pode ta brincando ou é mais uma fanática. Esse senhor nunca administrou nada, nem sua própria casa.

Anônimo disse...

Gostaria de saber do Sr. moderador qual o critério utilizado para postar um comentário. Se for político, avisa logo que não escrevo e nem entro mais nesse site. Aguardo resposta do senhor moderador.

Alexandre Bittencourt Loureiro disse...

Boa pessoa, sim o vereador Pequeno é sem duvida, boa indole e honesto. Possivel futuro prefeito sim é sem dúvida, só que não acredito ser nesta proxima eleição. Poderá ser o vereador mais votado, sim se candidatar-se a vereador, coisa que as bocas não falam. Escreveu projetos de leis bons, sim o vereador escreveu, pois ele é um dos poucos com nível intelectual avançado entre os vereadores. Caso fosse o mais votado entre os vereadores levaria mais de um com ele, seria o presidente da camara. E teria voz ativa, pois quantos projetos ele redigiu e nem foram votados, inumeros, e vários importantes. O PT com 3 vereadores e o presidente da camara teria provavelmente o prefeito em 2016. Agora tem-se que pezar os prós e contras de ter candidato proprio para prefeito ou não, e não esquecer a possibilidade de não apoiar ninguem, pois alguns que se lançam são sem dúvidas piores que os que já tentaram, afinal existem inumeros cidadões que pensam que são politicos e puxam saco de politicos mas na verdade estes que pensam de fato não são (nunca nem serão) e os que são, por exemplo deputados de municipios alheios nada trazem para Cataguases, só sugam e retiram renda. Quando aparece é uma reforma de escola. Veja quantas instituições estaduais e federais vieram para Lepoldina (Cefet, Administração do Sistema Prisional etc) e em Muriaé (IFET, Faaminas, Hospital), afinal obrinha de reforma de escola é para os otários para seu próprio minicipio tem realizações que deixarão legado premanente.
Pequeno vereador com mais dois ou tres do PT com ele não é utopia e sim realidade, afinal a Camara vai ter 15 e não 10 assim o povo, a população sofrida teria acima de 35% de participação. E leve em consideração que a maioria dos atuais vereadores será re-eleita e uns como Ricardo Dias, +++ Henrriques tem a eleição como certa. Não esquecam que o fator surpresa da aparição de Aecio e Anastazias na última semana em Cataguases dá como praticamente certa a re-eleição de nosso atual prefeito Prof. Wilian, sendo assim essa eleição é para queimar dinheiro, coisa que o PT nem tem e só seria páreo caso a Dilma aparecesse por aqui, coisa impossível, ao nemos nessa eleição.
Cataguases tem que se reestruturar politicamente, temos que admitir que o atual prefeito asim ou assado vem fazendo uma administração que desenvolve certo progresso em nossa cidade, e isto é fato pois estamos em uma linha de urbanização e desemvolvimento e o Prof. Wilian é bem relacionado em Belo Horizonte, sendo assim consegue facilmente as verbas que nescessita, e não é de sonhar que este homem será nosso proximo deputado estadual, pois afinal a chuva de candidatos que tivemos em nosso municipio só banalizaram a eleição em nossas urnas, sendo que o deputado que menos gastou aqui foi o que mais votos teve, só com uma possibilidade de se comprar o hospital, coisa que nunca vai acontecer. Raciocinem e veram que só tem uma forma de realmente crescer e desenvolver, e é com um deputado estadual e um federal do nosso proprio municipio, nascido, criado e residente aqui.
Pequeno faça planos a longo prazo e imagine o cenario de candidatar-se e perder, o que seria do seu nome em 2014, 2016 seria só mais um e não um.
Pequeno vamos evitar que outras pessoas menos produtivas e compromissadas com Cataguases sejam eleitas, afinal quem é dono de um canal de comunicação e não se comunica deve ser muito pouco criativo...

Edson Campos disse...

Informo que as postagens só serão publicadas se estiverem com a devida identificação, ou seja Anonimos não serão publicados.

WASHINGTON MAGALHÃES disse...

Meu caro Edson

Achei um fato curioso ninguém ter se pronunciado sobre o conto " O Planeta de Mauro e Fernando", de José Francisco Avilla Puccinelli Junior. Ué o cara escreve uma história de relevante valor cultural e ninguém comenta nada. Usam o espaço para comentários e já entram direto falando em política. Isso sem nada ter a ver o "u com as alças". Afinal o texto postado diz exatamente sobre o hábito de ler. E parece que em Cataguases ninguém sabe ler. Todos sabem escrever. E muitos deles se apresentam em campanhas políticas de seus preferidos e atropelam os mais elementares princípios da lógica. Ora, o vereador Pequeno nem mesmo se apresentou como candidato a prefeito e já tem gente falando dele como postulante da cadeira de Willian Lobo. Será que estão fazendo o Pequeno ce boi de piranha? Lançando seu nome para avaliação para depois de queimarem sua imagem lançarem os nomes da "nobreza" municipal, aqueles dos monarcas enrustidos? Mas, voltando ao texto sobre leitura seria bom que fossem feitos alguns comentários a respeito. O autor colocou a leitura como fator de crescimento imndividual e coletivo e isso encaixa muito bem para aqueles que falam sem ouvir, engolem sem mastigar, gozam sem copular,escrevem sem ler. A fábula de José Francisco serve como um bom exemplo para uma população como a de Cataguases que tem mais escritores por metro quadrado.
Quanto ao Pequeno, acho que ele tem que crescer um pouco mais.

WASHINGTON MAGALHÃES

Eduardo Professor disse...

Vanderlei Pequeno o nosso novo PREFEITO de Cataguases senhor Washington, pode ser com Marco do vt para vice.

Eduardo Professor disse...

Jorge PT disse...

Oposição em CATAGUASES está em estado terminal, Cesinha e Dr Tarcísio já era (PERDEU), e o Parefeito William Lobo tambén está mau nafita!

Agora e o novo Vanderlei Pequeno para PREFEITO de CATAGUASES!!!

Jorge você esta certo Vanderlei PREFEITO em 2012!!!

Marco do vt seu vice!