Receba atualizações por Email

domingo, 8 de março de 2020

Origem do dia Internacional da mulher.


O dia 8 de Março é lembrado no mundo inteiro como o Dia Internacional da Mulher. Mas, qual a origem da data? Classicamente, divulgou-se que no dia 8 de Março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas...

quarta-feira, 4 de março de 2020

Em encontro com comandante do 21º BPM, Pacheco anuncia que destinará emenda para construção de quartel em Cataguases




  • O deputado estadual Fernando Pacheco realizou visita institucional ao comandante do 21º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Giovani Ramos. O encontro em Ubá serviu para o parlamentar se apresentar ao comandante, estreitar os laços com a corporação e discutir possíveis demandas na área da segurança pública. Atualmente, o 21º BPM é o maior batalhão do estado de Minas Gerais, compreendendo 27 cidades e 15 distritos da região, o que dá uma população atendida de quase 500 mil pessoas. O vereador de Leopoldina, José Augusto Cabral, também participou da visita.
  • José Augusto, Fernando Pacheco e Tenente Coronel Giovani Ramos conversam em Ubá.
    Durante o encontro, Fernando Pacheco anunciou ao comandante Giovani Ramos, que a Polícia Militar terá um novo quartel em Cataguases. A construção do novo espaço será possível graças à indicação de emenda parlamentar de autoria de Pacheco. Por sua vez, o Tenente Coronel Giovani Ramos se colocou à disposição para colaborar no que for necessário. “Acho que a cidade de Cataguases pode ganhar muito com a construção de um novo espaço para a PM. Tanto a população quanto os policiais terão melhores condições e isso amplia a sensação de segurança”, disse.
    A 146ªCia de Polícia Militar em Cataguases funciona, hoje em dia, em um imóvel no fim da Avenida Astolfo Dutra. Fernando Pacheco acredita que a construção de um novo espaço irá impactar de maneira positiva sobre os trabalhos da corporação na cidade. “Estou tendo alguns encontros e entendimentos com comandantes e autoridades para fazer este novo espaço para a polícia na cidade. É uma ideia que pretendemos tirar do papel em 2020”, revelou Pacheco, contando ainda que o projeto do novo espaço ficará a cargo do setor de engenharia da Polícia Militar.
    Viaturas e equipamentos também são demandas da PM
    Além do anúncio da intenção de construir um novo quartel para a Polícia Militar em Cataguases, o deputado Fernando Pacheco também solicitou ao comandante do 21BPM lista com demandas de viaturas e outros equipamentos indispensáveis ao trabalho policial. Em 2019, Fernando Pacheco entregou viaturas nas cidades de Cataguases, Estrela D’Alva, São Vicente de Minas e Bicas.

terça-feira, 3 de março de 2020

Loja Meu Bebê, confiante no comércio de Cataguases, gera oportunidades.

Bem instalada na cidade de Cataguases, a Loja Meu Bebê oferece o que há de melhor para sua criança.
Acreditando no comércio local, a empresária Michelle Ferreira, criou a marca e instalou a loja no coração da cidade. 
Pensando em fornecer produtos de qualidade e a preços justos, desenvolveu fornecedores de todos os lugares do Brasil e assim, Cataguases e as cidades vizinhas, estão sendo beneficiadas.
Vale a pena conhecer.
Na loja, você encontra enxoval completo, roupas e acessórios para meninos e meninas de zero a 14 anos.
Esse mês a loja toda está em promoção. Aproveite!

Rua Joaquim Peixoto Ramos, 82 - Centro - Cataguases.
Tel.: 32 3421-8417









domingo, 1 de março de 2020

Deputado Fernando Pacheco apoia o Projeto Minas Macaúba.

Um importante passo para a nossa Zona da Mata, foi dado, o Deputado Fernando Pacheco esteve em Brasília para reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com o Secretário-geral Marcos Montes. A pauta foi a apresentação do projeto de bioquerosene e renováveis Minas Macaúba. 

Bioquerosene é um combustível renovável formado por uma mistura de hidrocarbonetos, tanto lineares quanto cíclicos, com uma composição semelhante à do querosene de origem fóssil.

Acompanharam o deputado Fernando Pacheco, os coordenadores do projeto ,Jackson Moreira, Mike Lu e Rômulo Veiga.

Na oportunidade, entregaram para a Coordenadoria Geral de Inovação do Ministério, Requerimentos que solicitam incentivo do Governo Federal, que vê com bons olhos o apoio ao projeto por meio do Ministério e de seus órgãos de desenvolvimento regionais.

"Este é um grande avanço para a implementação, seguimos trabalhando para fazer da macaúba um meio de geração de emprego e renda com sustentabilidade" disse o Deputado.

                  

LUFATITO Molhos caseiros, faz sucesso na feira da Praça Santa Rita.


Hoje eu estive visitando a tradicional Feirinha de domingo na Praça Santa Rita e pude provar os deliciosos molhos artesanais, elaborados com a receita da Família Luciano Geraldo e Fabiana Gomes.
Lufatito é uma marca criada pela família. LUFATITO, é a junção das iniciais dos nomes de mãe, pai e filhos.
Tudo preparado com muito carinho, os molhos sao feitos sem nenhum conservante artificial, com receita totalmente caseira e ingredientes escolhidos com muito cuidado, para garantir o melhor sabor.
Visite a feira e conheça os produtos. Vale a pena.
A LUFATITO, aceita encomendas através do telefone 32 99802-6809.
Parabéns a Família!!
Eu já garanti o meu 😊🥰.




Em Cataguases a biometria ainda não será obrigatória para as próximas eleições.

José Henriques - Advogado e Presidente do MDB Cataguases.
@josehenriques15

Em Cataguases a biometria ainda NÃO será obrigatória para as próximas eleições.
O recadastramento é feito de forma ordinária, à medida que o eleitor precisa de algum serviço no posto de atendimento da Justiça Eleitoral, ele é atendido por meio da coleta de seus dados biométricos.
Mas se você quiser se adiantar e fazer o seu cadastro biométrico, basta ir no Cartório Eleitoral de sua cidade, portando os seguintes documentos:
- documento oficial
- comprovante de endereço emitido nos últimos três meses
📍Para maiores informações:
Cartório Eleitoral – Rua Dr. Lôbo Filho, 155 – Cataguases/MG (32) 3421-7554 (horário de atendimento de 12h às 18h).
🔎Saiba quais são os municípios em que biometria será obrigatória acessando o site:
http://www.tre-mg.jus.br/eleitor/biometria#ancora-2

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Municípios mineiros recebem R$ 17 mi para reparar danos causados pelas chuvas

Municípios mineiros, que apresentaram seus planos de trabalho, recebem R$ 17 mi para reparar danos causados pelas chuvas

Recurso foi liberado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional após compromisso firmado com o Governo de Minas.
Encontro marca a união entre os Executivos federal, estadual e municipais em prol de uma causa comum. - Foto Renato Cobucci / Imprensa MG
Sáb 29 fevereiro 


O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou, neste sábado (29/2), a liberação inicial de R$ 17 milhões para 35 municípios de Minas Gerais afetados pelas chuvas que atingiram o estado em janeiro. O anúncio do recurso, que deve ser destinado a ações de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, foi realizado durante reunião com prefeitos de cidades atingidas, em Belo Horizonte.

Para Paulo Brant, o encontro marca a união entre os Executivos federal, estadual e municipais em prol de uma causa comum.

A alternativa ao populismo é a política responsável e racional, que é o que queremos implantar em Minas Gerais. Esse evento ilustra exatamente isso. Estamos aqui com o governo federal, governo do Estado, diversos prefeitos, suprapartidariamente, enfrentando um problema que não é nem federal, nem estadual, nem municipal. É um espaço de todos”, disse.

Os repasses autorizados foram destinados às primeiras cidades que enviaram seus planos de trabalho, que foram analisados e aprovados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do MDR. Para os municípios que ainda não conseguiram a aprovação, Brant destaca que o Estado está disponível para auxiliar na construção dos planos e no preenchimento da documentação necessária para a solicitação do auxílio federal. 

“Estamos treinando e apoiando os municípios para apresentarem os seus planos. Menos de 70 municípios apresentaram até agora. Nós estamos com uma força-tarefa na Defesa Civil do Estado, contando com engenheiro da Defesa Civil nacional, exatamente para agilizar o máximo possível, dentro da legislação atual que sabemos que é burocrática, para que a gente possa ampliar o número de municípios a receberem esses recursos”, afirmou.

O ministro Rogério Marinho também reforçou o apoio do governo federal às cidades que ainda não foram contempladas, para que o processo aconteça da forma mais ágil possível.

Temos um total de R$ 1 bilhão para fazer frente aos desastres que ocorreram em janeiro e fevereiro na região Sudeste e em outros locais. Os recursos são disponibilizados mediante apresentação dos planos emergenciais e, depois, dos planos de reconstrução. Aqui em Minas Gerais, de quase 200 municípios que tiveram decretação de estado de emergência, menos de 70 apresentaram seus planos. Nós só podemos liberar recursos após esse processo concluído”, afirmou. 

Ele explicou ainda que o valor liberado neste primeiro momento deve ser destinado a ações emergenciais para, depois, as cidades apresentarem seus planos de reconstrução e receberam um novo recurso.

O dinheiro dessa primeira etapa é destinado a ações emergenciais, como limpeza das ruas e reconstrução de cabeceiras de pontes. De forma subsequente, os mesmos municípios que foram atendidos agora poderão e deverão fazer pleitos mais elaborados de reconstrução. Nesse caso, há necessidade de projetos feitos por engenheiros, é preciso fazer cálculo estrutural, até porque os órgãos de controle que fiscalizam a liberação de recurso público, mesmo que em uma área emergencial, precisam de respostas sobre a boa utilização do dinheiro”, esclareceu.

Durante o encontro, o prefeito de Betim, Vittorio Medioli, que representou os demais prefeitos presentes, destacou o momento de dificuldades por que passam os municípios mineiros. 

A crise econômica e a queda da arrecadação castiga as gestões municipais. A chuva veio agravar o que já era grave. E é um alento a presença de vocês aqui hoje”, disse. 

Também participaram da solenidade o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o secretário Nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas; o coordenador adjunto estadual de Defesa Civil, tenente-coronel Flávio Godinho; deputados federais de Minas, entre outras autoridades.

Cidades beneficiadas: 

As cidades beneficiadas nesta liberação são:
Abre Campos (R$ 1,2 milhão), Alto Jequitibá (R$ 103,7 mil), Bocaiúva (R$ 137,4 mil), Caeté (R$ 1,2 milhão), Caparaó (R$ 1,4 milhão), Contagem (R$ 626,4 mil), Crucilândia (R$ 117,1 mil), Diamantina (R$ 492,8 mil), Divino (R$ 388,4 mil), Dores do Turvo (R$ 202,3 mil), Espera Feliz (R$ 1 milhão), Felício dos Santos (R$ 609,7 mil), Fervedouro (R$ 278,5 mil), Guidoval (R$ 749,3 mil), Ipaba (R$ 131,7 mil), Ipanema (R$ 427,9 mil), Itambacuri (R$ 18,7 mil), Itapecerica (R$ 81,3 mil), Jaboticatubas (R$ 662,2 mil), Luisburgo (R$ 1,2 milhão), Maria da Fé (R$ 230 mil), Mário Campos (R$ 725 mil), Matipó (R$ 379,5 mil), Muriaé (R$ 22,9 mil), Orizânia (R$ 219 mil), Raposos (R$ 681,3 mil), Reduto (R$ 172,9 mil), Rio Casca (R$ 17 mil), Santa Luzia (R$ 1,7 milhão), Santo Antônio do Grama (R$ 14,7 mil), Senador Firmino (R$ 171 mil), Simonésia (R$ 127,7 mil), Tarumirim (R$ 571,7 mil), Tombos (R$ 234,3 mil) e Ubá (R$ 506,9 mil). Ainda em janeiro, a capital Belo Horizonte foi contemplada com R$ 7,7 milhões. 

Para os municípios que ainda precisam solicitar o recurso, a Secretaria de Defesa Civil enviou profissionais ao estado para promoverem uma rodada de capacitação de gestores públicos no preenchimento dos planos de trabalho. O envio das solicitações é feito pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2id).

Emergência

Em Minas Gerais, 197 municípios tiveram o estado de calamidade pública ou de situação de emergência reconhecido de forma sumária pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. Esse reconhecimento é acionado quando o desastre, público e notório, é considerado de grande intensidade – ele é válido mesmo que as cidades ou o Estado não tenham publicado seus próprios decretos, como é estipulado pela Instrução Normativa nº 2/2016.

Fonte: Agência Minas.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Deputado Fernando Pacheco solicita manutenção de estradas na Zona da Mata


Deputado Fernando Pacheco solicita manutenção de estradas na Zona da Mata


Diante das precárias situações das estradas de todo o Estado, o deputado estadual Fernando Pacheco protocolou requerimentos reivindicando reparos, em caráter de urgência, sejam feitos na estrada MG-448 (Santa Bárbara do Tugúrio a Rio Pomba), MG-133 (Rio Pomba a Juiz de Fora) e na BR 267 – Juiz de Fora a Leopoldina.
O primeiro trecho, entre Santa Bárbara do Tugúrio e Rio Pomba, faz parte do caminho que liga várias cidades da Zona da Mata a Belo Horizonte. Nesta rota a situação do pavimento é muito delicada, se trata de uma serra alta e com curvas sinuosas, o que gera um perigo iminente para os motoristas. “Este caminho requer muita atenção do Estado, solicitamos ao DEER e ao Executivo que a manutenção seja feita com muita urgência, o asfalto está em péssimas condições e com muitos buracos, causando uma infinidade de acidentes”, afirmou o deputado.
A segunda solicitação diz respeito ao trecho que liga Rio Pomba até a cidade de Juiz de Fora, fazendo parte, também, de um importante entroncamento que liga o interior aos grandes centros da Zona da Mata.
O outro pedido é para que seja encaminhado ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) um pedido manutenção do trecho que liga Juiz de Fora a Leopoldina, na BR 267. A rodovia se encontra em péssimo estado de conservação, oferecendo alto risco de acidente aos usuários. “O trecho até Juiz de Fora é muito importante para o desenvolvimento da região, as cidades da área de Cataguases e Leopoldina até o principal centro da Zona da Mata. É uma rota de muitos caminhões e veículos pesados, precisa de expansão e manutenção do asfalto”, ressaltou Fernando.
Os requerimentos foram protocolados nas última semanas, a expectativa do deputado Fernando Pacheco é que sejam atendidos o mais rápido possível, já que a situação dessas rodovias é alarmante.Deputado Fernando Pacheco solicita manutenção de estradas na Zona da Mata

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Diretoria do PTC Cataguases foi Renovada até dezembro de 2020.

Comissão do PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO - 36, foi renovada até Dezembro de 2020.

O PTC de Cataguases agradece o apoio e a confiança da Diretoria Estadual do PTC-BHMG.

Os membros da diretoria do PTC Cataguases, foram recebidos pelo Deputado Fernando Pacheco e pelo Advogado José Henriques, no escritório que o deputado mantém em Cataguases com o objetivo de ficar próximo a população.

Na oportunidade, trataram de assuntos ligados a cidade, bem como apresentaram ao deputado Fernando e ao Advogado José Henriques o plano de trabalho que será realizado pela comissão no ano de 2020.

Os membros da Comissão de Cataguases são:
Presidente: Gustavo Garcia Lima
Vice Presidente: Edson Antonio de Campos Hessel

Tesoureiro: João Luis Fontes - Jean
Secretário Geral: Pedro Rodrigues de Almeida

Secretária: Maria Aparecida Rodrigues
Suplente: Maria Aparecida Bittencourt.








Que tal trocar o copo descartável por uma garrafinha ou copo ecológico ? Política está em todo lugar!

O Meio Ambiente agradece.